Nome do Grupo
Sonhos Livres
Instituição
E.E. Oscar Pereira Machado
Tema do dia
Combate à Pobreza
Objetivo da ação
Transmitir o verdadeiro significado da riqueza e da pobreza para nós todos
Como aconteceu a ação?
Devido a greve na escola Oscar Pereira Machado, realizamos o tema no instituto Favela da Paz e trouxemos os alunos impactados pelas nossas ações durante a semana. Iniciou-se pela Periferia Sustentável com Fabio Miranda onde fizemos uma guiada com Universitários da ENACTUS, em seguida optamos aprender com a sabedoria da Dona Rita, uma moradora respeitada por todos em nosso bairro, ela tem 74 anos de idade, todos a procuram quando estão doentes com o milagroso xarope, uma mulher com uma sabedoria inacreditável e gostaríamos de aprender qual o sentido da riqueza e pobreza explicado por ela. A ideia na escola era fazer uma roda de conversa com a presença da Dona Rita e o Claudio Miranda (presidente do Instituto Favela da Paz), para ele dizer como combater a pobreza através de projetos sociais. Claudio Miranda é conhecido por inspirar pessoas de diversas idades a reconhecerem seus dons, por fazer o impacto social na vida dessas pessoas e por ter conhecimento em diversos elementos sociais. Montamos uma roda de conversa e fizemos a seguinte pergunta “O que é riqueza e pobreza para você?”, Dona Rita abriu a roda de conversa respondendo da seguinte forma: “Eu sou rica, minha riqueza vem da alegria. A riqueza não vem do vestido de ouro nem de uma carteira repleta de dinheiro, e sim da alegria, a riqueza é de espirito, amar um ao outro não ter preconceito. O erro é pensar que riqueza é ter muito dinheiro, e isso acaba tornando as pessoas pobres de espirito”. Em seguida surgiu-se diversas historias comoventes que nos emocionaram. Para nós o verdadeiro sentido para combater a pobreza é além de ouvir, mas também absorver riqueza através dessas historias de vida. Para nós combater a pobreza é transmitir conhecimento para as pessoas, pois o conhecimento é algo que ninguém pode nos tirar!
Quantas pessoas impactadas, ou seja, envolvidas?
26 pessoas , incluindo alunos da escola Oscar Pereira Machado, do Instituto Favela da Paz e os alunos da Universidade ENACTUS.
Teve alguma organização/instituição parceira? Se sim, qual?
Sim, Instituto Favela da Paz e Universidade ENACTUS.
Você ficou feliz/satisfeito com o resultado? Sim ou não e o porquê.
Sim, pois não esperávamos que uma simples ação iria nos trazer tamanha gratificação. Foi uma honra perceber que trouxemos tantas mudanças em apenas uma semana.
Tiveram alguma dificuldade/problema? Se sim, qual?
Sim, a greve que ocorreu na E.E. Oscar Pereira Machado.